segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Planeta kart

Festinha rica em casa de pobre

O evento Planeta está no kartódromo do Sapiens Parque, aquele mesmo kartódromo que servia para o brinquedinho milionário do Felipe Massa, e que todo o ano leva dos cofres do governo estadual a bagatela de quase dois milhões de reais, enquanto nosso atletas morrem à míngua mendigando recursos do Fundesporte. Produções culturais, atrações para moradores e turistas, nada disso merece atenção dos governantes do município ou do estado.

Tem ali perto o kartódromo original, em Ingleses, que ainda está lá, mas não presta pra mais nada. Este ano o Festival das Estrelas, que recebe a troupe de Massa & cia, vai reunir os milionários do automobilismo mundial no Beto Carreiro, na Penha. É uma rapaziada que precisa mesmo do dinheiro público para a sua corrida anual. A pista e a estrutura do Sapiens estão soterradas por equipamentos e aquela bugigangada necessária para a montagem do show musical de dois dias. Como ficará depois e quanto custará sua recuperação?

Vamos ver se o novo secretário da Cultura, Turismo e Esporte, o surfista Beto Martins, bota um pouco de ordem na casa. É o quarto secretário a pisar nesta secretaria no governo Raimundo Colombo. Até aqui cultura, turismo e esporte serviram apenas como trampolim eleitoral, começando pelo novo prefeito de Florianópolis, o garoto César, cuja passagem pela área custou muito caro aos cofres do estado.

Esta desmazelada Secretaria tem sido ao longo dos anos um doutorado em matéria de desperdício, de omissão, incompetência e descaso com a coisa pública, soma de irregularidades para botar gente na cadeia. Mas só em país de gente séria e de políticos comprometidos com as propostas vendidas em época de eleição. Quem sabe o brother Martins tem um pouco mais de respeito pelos que dependem da sua pasta. Meu amigo São Tomé não acredita.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá Mário sou morador do norte da ilha e vejo o desperdicio daquele kartodromo, se durante o nao ele fosse iluminado e colocado policiamento permanente para a comunidade usar como local de lazer como caminhadas, corridas, passeios de bicicletas, patins, banheiros, espaços culturais, feirinhas de artesanato, e ourtos.