sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Fogueira acesa

O Figueirense anunciou o aproveitamento a partir do início da temporada de uma dúzia de jogadores formados em suas divisões de base. Estou curioso para ver o resultado desta promoção em massa. Geralmente isso não dá certo e o que acaba acontecendo é a queimação na fogueira do açodamento de um punhado de promessas. Conheço vários exemplos, o mais emblemático e premonitório deles ocorrido no final da década de 60 quando o Inter montou um time quase inteiro com juvenis, os juniores da época. Deu num fracasso retumbante da equipe e de seus promissores atletas, situação que tem se repetido ao longo dos anos.

Nenhum comentário: