quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Natação de Florianópolis fora dos Jogos Abertos

Natação feminina da Capital era força dos Jasc


A equipe de natação de Florianópolis era uma forte candidata ao título da modalidade nos Jogos Abertos de Santa Catarina, os Jasc, que serão disputados em Criciúma a partir do próximo dia 11. A pontuação alcançada nesta modalidade poderia ajudar muito na luta pelo título geral da competição.

As projeções otimistas dos dirigentes da Fundação Municipal de Esportes da Capital afundaram na manhã desta sexta-feira com a decisão do Tribunal e Justiça Desportiva do sistema esportivo catarinense que, por 7 votos a 0, negou provimento ao mandado de garantia impetrado por aquela instituição e defendido pelo advogado Luciano Hostins. O TJD entendeu que a FME não respeitou o prazo do dia 10 de outubro, considerado data limite para inscrições determinada pelo regulamento geral da Fesporte para seus eventos.

Em sua argumentação Luciano alegou que a data do dia 10 é para desistências, e não para inscrições. “Está lá no site da Fesporte, esse é o meu entendimento”, justificou o advogado. Votaram os auditores Robson Vieira, presidente do TJD, o auditor relator Aldo Abraão Massih Jr., e os auditores Giovani Mariot, Frederico Pereira, Jorge Lima, Marcelo Silveira e Roberto Pugliese Jr.

A direção da FME não admite, mas houve esquecimento dos técnicos responsáveis pelas inscrições e formação da delegação que vai a Criciúma. Vai sobrar pra alguém na Fundação, se é que já não rolou alguma cabeça.

ATUALIZANDO; Luciano Hostins tentará na justiça comum anulação do julgamento. Não vai discutir o mérito, mas alega que o julgamento é nulo porque Sérgio Galdino, presidente do Conselho Estadual do Esporte, não poderia defender Blumenau como terceira interessada. Galdino é presidente da fundação blumenauense

Nenhum comentário: