sábado, 1 de maio de 2010

Notícias (engraçadas e trágicas) do nosso futebol


Também temos um sapo barbudo para engolir (foto FCF)

O presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto, vai proferir dia 15 de maio a aula inaugural da Escola de Árbitros Gilberto Nahas. O que será que o Delfim tem de tão importante e significativo para dizer aos candidatos a empunharem apito e bandeira com o escudo da FCF? Levando em conta o que um dirigente faz para garantir mandato por um quarto de século, coisa boa não deve ser.

Se não, vejamos. Em Assembléia Geral Ordinária (bota ordinária nisso) na última segunda-feira, presidentes de clubes e ligas aprovaram por unanimidade e por baixo do pano o relatório geral das atividades administrativas e financeiras de 2009 da Federação, bem como suas contas e o balanço.

Como dizia Fernando Collor, não tem ninguém com aquilo roxo para contestar 25 anos de contas mal explicadas, de nepotismo y otras cositas mas. É um rebanho de vaquinhas de presépio sacudindo a cabeça para mais um capítulo vergonhoso na história do futebol catarinense. Sem esquecer a omissão completa da mídia, esportiva ou não.

Nenhum comentário: