segunda-feira, 16 de março de 2009

Sonho meu para Florianópolis


Uma bela competição foi realizada domingo no Parque Ecológico de Florianópolis, construído naquele espaço maravilhoso logo após o túnel Antonieta de Barros, na baía sul. Aproveitando a estrutura e as condições do local os organizadores bolaram uma prova dividida em três partes disputada por equipes formadas por três atletas, com um especialista para cada modalidade. Primeiro foram oito quilômetros de ciclismo pelas grandes alamedas que circundam o lago, onde os participantes na sequência percorreram dois quilômetros de canoagem. A última etapa teve seis quilômetros de corrida. O público que normalmente freqüenta o parque para praticar esportes nas várias quadras multiuso ali existentes, ou simplesmente para caminhar e tomar sol aproveitando o belo visual à beira mar, acompanhou com interesse o desenrolar desta competição inédita na cidade. O resultado não importa. Na verdade eu sonhei com um evento que aconteceu no último final de semana em São Paulo, à beira de uma represa, e onde realmente existe um parque ecológico.

A foto acima (Parque da Juventude em São Paulo) mostra uma outra vertente do meu sonho, que poderia se tornar realidade no bairro onde moro, a Agronômica. Basta dar um bom destino ao espaço da desativada Penitenciária, antes que essa pendenga vire um pesadelo.
Em setembro de 2003, o Parque da Juventude mudou a paisagem na Zona Norte de São Paulo, ao substituir a Casa de Detenção do Carandiru por uma grande área verde. A primeira fase do Parque, entregue em setembro de 2003, incluiu instalações esportivas como pista de skate, dez quadras (onde são praticados esportes como tênis, vôlei, futsal e basquete). Há ainda áreas de descanso, vestiários e pista para caminhada.

Nenhum comentário: