sexta-feira, 30 de agosto de 2013

A casa do Ali Babá

A Câmara Federal salvou o couro de um ladrão que está condenado por corrupção e preso. Saiu do plenário, do que chamam de Casa do Povo, e voltou para a cadeia, algemado e no camburão. Os paladinos da honestidade e seus comparsas de todos os partidos estavam lá, participando da patifaria. Ou então se omitindo, convenientemente. Querem o meu voto? Nunquinha, nunca mais serei conivente com essa bandidagem. E não me venham com aquela arenga que "democracia é assim", "ruim com partidos, pior sem eles". Isso que está aí não me serve, não me interessa. Agora voltaram com o discurso do fim do voto secreto para processos de cassação. É conversa mole e velha. Quero voto aberto para tudo. O resto vocês enfiem naquele lugar.

Nenhum comentário: