domingo, 27 de janeiro de 2013

Santa Maria, exemplo, alerta

Depois das tragédias como essa de Santa Maria (RS) é que se pensa nos alvarás, é que se levantam as irregularidades, é que se buscam os responsáveis. Por aqui aconteceu há pouco algo parecido em relação aos estádios de consequências imprevisíveis. Dois dias depois da liberação de todos eles para o campeonato catarinense descobriu-se, através da denúncia de um torcedor, que pelo menos um dos estádios, o do Guarani, estava totalmente irregular, com obras inacabadas e acúmulo de entulhos. Isso foi o que se soube, o resto a gente deduz, felizmente a salvo de algum acidente grave como resultado da irresponsabilidade das autoridades de segurança, sanitárias e desportivas. Firulas jurídicas não evitam tragédias, "jeitinhos" e laudos apreessados não salvam vidas.

Nenhum comentário: