segunda-feira, 8 de outubro de 2012

E agora Josés?



A eleição passou, o vereador Lela, aqui do Rio Tavares, foi eleito, mas a pavimentação da nossa rua (servidão Manoel Isidoro Augusto) ainda não chegou ao fim. Estamos muito longe - cerca de 300 metros - do que foi prometido aos moradores. A obra segue a passo de cágado. Uma segunda-feira ensolarada não entusiasmou a continuação dos trabalhos. Os operários e o material sumiram.

Pior. Fiquei dez dias fora de Florianópolis e voltei com a lajotagem praticamente no mesmo lugar. Vamos ver agora como se comportam nosso novo representante na Câmara, a empreiteira e a intendência, depois do 7 de outubro. Desconfio que deixaram o cágado fugir.

Um comentário:

Bia Cunha disse...

Em igual (pior) situação permanece a Rua Artur Melo Fernandes, no Morro das Pedras, cuja pavimentação nem começou, mas foram prometidos mundos e fundos às santas inocências puxadoras de saco na hora de pendurar placas pela vizinhança inteira. Seria bom lembrar Vossas Excelências eleitas que, do lado de cá da Rua Francisco Vieira também existe um bairro antes de chegar à Armação do Pântano do Sul, cuja maioria das ruas carece de pavimentação. É bom lembrar também que, além do Vanderlei (Lela) há, pelo menos mais dois candidatos do Sul da Ilha, cujos votos foram resultado do depósito de "nossa" confiança - Roberto Katumi e Celso Sandrini. Dos candidatos espera-se o cumprimento com suas obrigações. Do povo espera-se que eleve realmente sua autoestima, lembre-se mais do seu direito de cobrar e deslumbrem-se menos com imagens televisivas, "famosos" e favores.