quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Corra que a série C vem aí



Neste fim de feira em que se transformou o Campeonato Brasileiro para Figueirense e Avaí já passou da hora de os dirigentes e comissões técnicas dos dois clubes pararem de mentir para o torcedor. É muito mais inteligente encarar a realidade e partir para o planejamento para 2013. A série B vai ser muito mais difícil do que a deste ano. Preparem-se, pois. A série C é o fim dos tempos, um buraco do inferno de onde é difícil sair.

Vejam no que deu o olho grande de parceiros e/ou investidores do Figueirense. Enquanto brigavam por direitos federativos e econômicos dos jogadores (conclusão do empresário Eduardo Uram) os dirigentes esqueceram do futebol e do time. Ladeira abaixo, a série B há muitas rodadas faz parte da nova realidade do clube.

No Avaí o canto da sereia pela conquista do campeonato estadual encantou os encarregados do planejamento para o Brasileirão. E mal deu para se safar do rebaixamento para a série C, terreno pantanoso de onde é difícil escapar. 

Caso a lição não tenha sido aprendida, ou seja ignorada pela dupla, a próxima temporada será de muitos sustos para o torcedor de Florianópolis. Especialmente pelo que está se desenhando na série B com três catarinenses (ou quatro, se o Criciúma der uma de cavalo paraguaio) e um dos grandes do futebol brasileiro entre os 20 participantes. Como escreveu hoje uma leitora/torcedora comentando essa possibilidade, cruz, credo.

Nenhum comentário: