sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Diário da Minha Rua 4


ou, No creo en brujas, pero que las hay, las hay

Segunda-feira, dia 27 de agosto de 2012, ano do Dragão no calendário chinês, começa o calçamento com lajotas na minha rua. É a Manoel Isidoro Augusto, no Rio Tavares, todo mundo está cansado de saber, de tanto que já escrevi sobre.

Por enquanto nada de fotos. Vai que o Dragão bote fogo em tudo e tenho medo da uruca. Deixa

começar a obra que anda a mil nos últimos dias. De manhã bem cedo o barulho da máquina, ou do trator, como queiram, é uma melodia para nossos ouvidos, cansados de tantas desculpas. É um prazer madrugar para tirar o carro de casa.

Detalhe: os operários já estão pedindo um churrasco no final dos trabalhos, tipo a festa da cumieira quando se está construíndo uma casa. Pago um boi inteiro se tudo der certo. "Aguardemes", dizia Honório Lemes (e não Lemos), o "Leão do Caverá". A gauchada conhece bem a expressão e nós, esperançosos moradores, seguiremos à risca a sábia recomendação.

Nenhum comentário: