quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Já vai tarde

São muito fortes os indícios sobre a renúncia de Ricardo Teixeira à presidência da CBF. A notícia vem sendo divulgada desde segunda-feira pelo jornalista Juca Kfouri, o primeiro a tocar no assunto, seguido pela grande mídia – menos a Rede Globo, claro – do Rio e São Paulo. Ancelmo Gois também publicou nesta quarta-feira em sua coluna de muita credibilidade na imprensa brasileira, como serão os últimos passos de Teixeira até a oficialização da sua renúncia.

Confirmada sua saída da CBF, ele será substituído pelo paulista José Maria Marins, vice para a região sudeste. Marins ficou conhecido como Zé das Medalhas, depois de flagrado afanando uma medalha na solenidade de premiação da seleção brasileira feminina de futebol.

A última informação é que Ricardo Teixeira vai deixar o Brasil para morar em Miami, onde já está sua família. A cidade é geralmente escolhida como moradia por aposentados, deserdados, cubanos, mafiosos, banqueiros e todos aqueles preocupados em fugir de perguntas inconvenientes e situações constrangedoras.

Nenhum comentário: