domingo, 3 de julho de 2011

As mulheres salvaram o domingo


Nada de Neymar, Ganso ou Pato. Deu Marta e suas companheiras da seleção feminina na vitória de 3 a 0 sobre a Noruega, resultado que valeu classificação antecipada para a próxima etapa da Copa do Mundo de Futebol das mulheres. Marta fez dois gols e confirmou as qualidades que a apontaram por cinco anos consecutivos como a melhor do mundo. Ao contrário dos marmanjos, que precisam trabalhar duro até o jogo contra o Paraguai. Dá tempo, é só no próximo sábado. Essa competição´é assim, espassada, perfeita para a gigolagem da CBF. Desfalca os clubes e esvazia o Campeonato Brasileiro. A cartolagem, incompetente e omissa, acha mais fácil botar a culpa no calendário.

O futebol gelado do time do Mano Menezes esbarrou na medíocre Venezuela. Enganamos um pouco até a metade do primeiro tempo, mas não passamos do zero a zero na estréia na Copa América. Gozamos da Argentina por causa do empate em 1 a 1 com a Bolívia e acabamos o domingo abaixo de “los hermanos”, até duvidando da própria sorte nesta fase de grupos. Pior que o futebol apresentado por nossos bichinhos de estimação, só o espanhol do Mano Menezes na entrevista coletiva.

Nenhum comentário: