quinta-feira, 5 de maio de 2011

Os deuses do futebol falam espanhol


Vergonha, vergonha, vergonha, vergonha... Quatro, isso mesmo, quatro times brasileiros eliminados da Libertadores em apenas uma noite. Sobrou só o Santos, e que se cuide. Passou na terça-feira pelos mexicanos do América ali, ali. O futebol que anda apresentando não é de uma equipe que tem Elano, Ganso, Neymar, entre outros menos votados, mas ainda assim bons de bola e competentes o suficiente para evitar essa vergonheira que começou com o Corinthians antes da fase de grupos. O time paulista, mais Inter, Grêmio, Fluminense e Cruzeiro deixaram o torcedor brasileiro refletindo sobre a garantia de que temos o melhor futebol do mundo. Faz tempo duvido disso. A nova geração de torcedores está sendo enganada com essa ladainha. O coloradíssimo Luiz Fernando Veríssmo resumiu: “foi uma quarta-feira macabra”. Menos para uruguaios, paraguaios, colombianos e chilenos, os carrascos desta tragédia.

Nenhum comentário: