quarta-feira, 13 de abril de 2011

Da Leléia ao cemitério


Tem festa dos Dinossauros dia 28 de maio na Churrascaria Meu Cantinho (fotinho aí de cima), no Kobrassol. Custa 50 pilas com comida e bebida a vontade até dez e meia, ou 22h30m, como queiram. O lugar é simpático e barulhento, posso garantir que bem menos do que aquelas redações movidas a máquina de escever, aparelhos de telex, radiofotos e telefotos. Lá estarão todos os Dinos, meio Dinos e quejandos, que passaram por O Estado desde os tempos finais da Conselheiro Mafra, com escala nos altos da Felipe Schmitd e último destino na Rodovia SC-401, em frente ao cemitério Jardim da Paz. Eu falei cemitério? É isso mesmo. Coisas do destino. Pelo menos ali o endereço do "mais antigo" era bem mais silencioso.

Que o digam os que trabalharam na Felipe, ao lado da "Leléia", como chamávamos aquela igreja barulhenta com culto todos os finais de semana, na hora do fechamento, ao som de gritos,gemidos e de uma bandinha pra lá de desafinada.

Lembrete: nas proximidades do Nosso Cantinho não tem pousada paradisíaca, apenas aqueles hoteis tipo churrascaria em baixo, apartamentos (?) em cima. Melhor que dormir na calçada ou infringir a Lei Seca.

Nenhum comentário: