domingo, 25 de abril de 2010

Visitantes mal educados

Nas principais decisões disputadas neste domingo pelo Brasil os donos da casa foram mal tratados pelos visitantes. Comecemos pelo Avaí que foi a Joinville sem sete titulares e botou a mão na taça com a vitória de 3 a 1. O técnico Mauro Ovelha, jogadores e dirigentes culpam a arbitragem de Paulo Henrique Bezerra pelo resultado adverso. Deve ser mesmo doído perder diante da própria torcida para um adversário cheio de reservas. Mais fácil é não reconhecer as qualidades do vencedor.

Aqui do lado, em Porto Alegre, o Internacional treinado pelo papa-defunto Jorge Fossati contribuiu com sua cota dos vexames caseiros dominicais. Um sujeito que vai para a beira do gramado de terno preto e olhos esbugalhados não merece outra identificação que não aquela do homem que ronda portas de hospitais a espera que moribundos sejam encaminhados ao seu estabelecimento. Com 2 a 0 em cima do Inter no Beira Rio os jogadores do Grêmio estão com a faixa no peito. Ainda por cima a última chance de contratar um bom substituto para o Fossati acabou neste domingo com a confirmação do acerto entre Fluminense e Muricy Ramalho.

Em Minas o Atlético Mineiro passou pelo Ipatinga (3 a 2) . O jogo foi em Ipatinga onde o Muriqui, conhecido dos avaianos, acabou com o jogo e com a ousadia do adversário que saiu na frente do placar.

Beleza mesmo foi o confronto entre Santo André e Santos no Pacaembú. Os santistas eram os visitantes nesse jogo de ida. Começaram perdendo, mas os garotos com a assessoria do tio Robinho fizeram a diferença apesar do final com placar apertado de 3 a 2. Ninguém tira o título destes meninos fenomenais que, além de Robinho, têm a companhia de um mestre no meio de campo, outro ex-avaiano, o Marquinho Santos, e o futuro camisa dez titular do Brasil, um craque chamado Ganso. Neymar desta vez não apareceu muito porque saiu de campo machucado no olho esquerdo. O garoto está enxergando bem, não foi nada de grave. Problema de visão é com o treinador da seleção brasileira.

Nenhum comentário: