sexta-feira, 26 de junho de 2009

Ricardão proíbe falar mal dos sul-africanos


O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, disse esta semana que a África do Sul está surpreendendo o mundo com a estrutura apresentada para fazer uma grande Copa ano que vem. Teixeira falou isso para livrar a cara do Brasil em razão das declarações do presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes Lima, chefe da delegação brasileira na Copa das Confederações, que deu uma esculhambada legal no país sede do próximo Mundial. O paraense, muito sincero, afirmou que não levaria sua família para a Copa de 2010 porque “às 6 da tarde parece que há um toque de recolher no país. Como vamos comemorar nossas vitórias?”, perguntou o simplório cartola. Contrariado com o fato, Ricardo Teixeira botou todo mundo de prontidão para falar bem dos africanos, inclusive os jogadores. Bem feito, seu Ricardo. Quem mandou fazer agradinhos com o nosso dinheiro. Afinal, quem paga estas viagens mordômicas dos seus eleitores somos nós.

Nenhum comentário: