sábado, 18 de abril de 2009

A vida e a morte em Brasília



Semana em Brasília para rever amigos, e repartir com eles a alegria do reencontro no lançamento do livro do Lourenço Cazarré, "A longa migração do temível tubarão branco" (fotos do filho Érico Cazarré). Daria tudo certo não fosse a morte de dois amigos justo nesta semana: dias antes da minha chegada na quarta-feira, Simone Freitas, grande amiga que fiz em Barra Grande, na Bahia, não resistiu a um câncer depois de lutar meses contra a doença. Na tarde da quarta-feira, morreu o jornalista Kido Guerra, também amigo, e parceiro de outra figura querida, a Simone Borba. Assim passei a noite da quarta-feira e os dias seguintes em Brasília, dividido entre a alegria dos reencontros e a tristeza trazida pela morte de pessoas amadas.


Um comentário:

Orlando Tambosi disse...

Ôpa, bem que eu gostaria de estar lá pra dar um abraço no Cazão!