segunda-feira, 20 de abril de 2009

Respeito é bom e dá resultado


O Inter jogou com vontade e massacrou o Caxias no Beira Rio sagrando-se bicampeão invicto, um Flamengo raçudo ganhou a Taça Rio e evitou o título antecipado do favorito Botafogo. Em São Paulo os arrogantes Muricy Ramalho e Vanderley Luxemburgo sucumbiram diante da seriedade do Corinthians do Mano e do Ronaldo, e do Santos de Mancini e do garoto Neymar. Em Recife o Sport de Nelsinho também acabou campeão, com esforço e profissionalismo, apesar de disputar a Libertadores em paralelo. Estas decisões do domingo deveriam servir de exemplo para Silas e certas estrelas avaianas que trocaram as chuteiras por sapatilhas. A humildade e o respeito ao adversário e à torcida não podem ficar só no discurso, têm que aparecer principalmente dentro do campo para satisfazer a expectativa da arquibancada. Com um rival difícil pela frente na decisão do Estadual e o Campeonato Brasileiro batendo à porta é urgente que isso aconteça.

Nenhum comentário: