quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Era só o que faltava

Alguém que tenha aquilo roxo na área de segurança (existe?) de Santa Catarina, e que não esteja ocupado procurando presos fujões, precisa dar um basta nesta vulgarização de desfile em carro de bombeiro. Qualquer pé rapado, ganhador ou não de eventos sem a menor expressão, se acha no direito de desfilar por sua cidade encarapitado nos caminhões desta instituição de tantos e bons serviços prestados à comunidade. E que por isso mesmo deveria merecer mais respeito das autoridades superiores aos oficiais e soldados, obrigados por eles a ocupar parte de suas valiosíssimas horas de trabalho - e por acaso bombeiro tira folga? – carregando gente para ser vista e aplaudida por meia dúzia de gatos pingados pelas ruas de um vilarejo qualquer deste imenso país. Estes homens combatem incêndios, salvam vidas nas estradas, tiram gatos de cima das árvores, evitam toda hora que malucos se suicidem, se expõem a picadas de abelhas, marimbondos e animais peçonhentos, mordidas de cachorros e acidentes com algum bicho fujão de zoológico, seguram a barra de bêbados e outros chatos, pulam janelas para tirar moradores trancados em apartamentos, socorrem vítimas de afogamento, enfim, poucos no serviço público trabalham como eles. A acintosa falta de respeito a que me referi antes de explicitar as ocupações de um bombeiro acaba de acontecer em São Bento do Sul, norte do Estado, quando um energúmeno eliminado daquela excrescência de programa chamado Big Brother, voltou triunfalmente à cidade. O sujeito se chama Emanuel e desfilou como um herói, um grande campeão, uma personalidade merecedora de muita pompa e circunstância. Como se bombeiro não tivesse mais o que fazer. Dá nojo, dá vontade de vomitar e, mais que isso, revolta o cidadão que paga seus impostos e admira o trabalho do Corpo de Bombeiros. Socorro.

3 comentários:

Anônimo disse...

Meu caro Mário. Como vc, me sinto indignado com o que fazem com os Bombeiros(sem falar na baixa remuneração).São obrigados a levar nos valiosos carros umas bestas tipo a este infeliz que vc citou.Dá vontade de vomitar.Urgh!!!

Anônimo disse...

belo texto, mario. Os bombeiros ja me salvaram de um filhote de gamba que invadiu minha sala, dando-me um baita susto e fazendo com que derrubasse um copo de jack daniels
Houseback, de brasilia

Anônimo disse...

gostei muito do seu texto, mais devia ser punido mal elemento que mandou esses nobres homens, fazer um serviço desses.