domingo, 19 de outubro de 2008

Os fantasmas do Mário

Mário Sérgio viu má fé na atuação do árbitro Sérgio Carvalho no empate do Figueirense com o Ipatinga. Foi um péssimo resultado para o seu time e Mário conseguiu fazer elucubrações fantásticas para chegar à conclusão que Carvalho, que é Distrito Federal, tinha interesse em prejudicar o Figueirense para beneficiar clubes cariocas que estão na zona de rebaixamento. Isso é o que se chama de imaginação fértil.

Nenhum comentário: