sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Mulheres de Atenas

Li esta semana que a diretoria da CBF (leia-se Rei Ricardo) está discutindo a premiação dos homens pela classificação nessa eliminatória para a Copa. Quando interpelado sobre uma compensação financeira para nosso time feminino medalhista na última Olimpíada, Ricardo, o Grande, não titubeia na resposta: “a medalha foi o prêmio conquistado pelas mulheres”. Ou seja, a seleção feminina não vai ver a cor da premiação em dinheiro, como Ricardo Teixeira entende seja justa a dos homens com estas apresentações forrecas diante de adversários mais forrecos ainda.
"(...)Se um homem se colocar, sem truques de encenação, no papel de uma mulher e se uma mulher se colocar no papel de um homem, será mais fácil distinguir as diferenças naturais e inultrapassáveis, mas será também inevitável descobrir-se que ambos são pessoas e, neste conceito, iguais. Lisístra e outras mulheres em Atenas, quando tentavam tomar a Acrópole. (Ou à Marta o que é de Marta e de suas companheiras de seleção)

Nenhum comentário: