terça-feira, 4 de setembro de 2007

Terça-feira

Lavanderia

Nossos principais esportes coletivos precisam arrumar a casa e acabar com a balbúrdia das últimas competições. O voleibol masculino começou a confusão com o desentendimento entre o levantador Ricardinho e o técnico Bernardinho. As meninas acabam de sair do Mundial com a quinta colocação, quatro derrotas na fase final e muita reclamação do treinador José Roberto Guimarães. O basquete masculino deu vexame no Pré-Olímpico recém encerrado e depende de uma repescagem em outro torneio para conquistar uma vaga na Olimpíada. Antes precisa acertar as contas do treinador Lula Pereira com as estrelas do time. Sobrou muita roupa suja para ser lavada após o Pan-americano.

Sem volta

Gelson Silva, demitido com o Criciúma na liderança da série B, já foi substituído por Rene Weber. Em Florianópolis, onde a situação é bem pior, são inevitáveis as especulações. Mário Sérgio segue arrogante e desafiando o bom senso com o Figueirense pertinho da zona de rebaixamento. É lobo em pele de cordeiro, tem um comportamento em casa e outro fora. No Avaí os crimes da Ressacada já têm um culpado, a imprensa. O técnico Alfredo Sampaio e jogadores, desafiando dirigentes, não dão mais entrevistas, em protesto contra as críticas. A Capital começou uma semana agitada com o Avaí jogando hoje em Barueri e o Figueirense no Rio para enfrentar o Flamengo amanhã. Pode ser uma viagem só de ida para alguns.

Sem salvação

O Joinville morreu na praia mais uma vez. O pênalti perdido por Guilherme no final da partida contra o Vila Nova, em casa, fez a diferença e tornou inútil a vitória na última rodada. Troca uma competição nacional pela inexpressiva Copa Santa Catarina, deixando a seqüência da série C no seu grupo para mineiros e gaúchos.

No mercado

Adilson Batista, vilão e herói nos dois clubes da Capital, rescindiu seu contrato com os japoneses do Júbilo Iwata. Com o campeonato brasileiro em andamento, Adilson deve voltar para casa empregado.

Ufa!

Imbituba e Cidade Azul, de Tubarão, chegaram à final da divisão de acesso. Está terminando o campeonato do calote. Muitos clubes de proveta ficaram pelo caminho, vitimando profissionais da bola, comerciantes e assemelhados. E-mails de leitores atentos já avisavam que em Itapema faltou dinheiro até para alugar o campo de jogo. De qualquer forma os eleitores estão garantidos e confirmados para a próxima aclamação na FCF.

Bebês Johnson’s

Alex Silva, 22 anos, Breno, 17 e Miranda, 22. São os três zagueiros do São Paulo, titulares da defesa menos vazada do Brasileirão, com apenas sete gols sofridos em 23 jogos.

Floripa zero

Arenas multiuso e pistas sintéticas de atletismo espalham-se por Santa Catarina. Brusque, Blumenau e Jaraguá do Sul ganham equipamentos esportivos modernos. Itajaí não cuida do que tem, mas tem. Bem administrados, estes espaços são capazes de abrigar grandes competições e impulsionar os esportes da região, promovendo inclusão social (o discurso da moda) e desenvolvimento técnico. Enquanto isso Florianópolis vê a banda e a moeda verde passarem, sem parques, ginásios ou pistas. O único consolo é ver a Unisul inaugurar seu complexo aquático. É pouco para uma Capital que abriga tantas universidades e tem uma Fundação Municipal de Esportes dirigida por um ex-atleta olímpico. Ali, como me alertou e-mail de leitor que conhece bem o meio, a prioridade é abrigar os apaniguados políticos e derrotados nas urnas.

Ele merece

Guga foi o maior tenista brasileiro de todos os tempos. Foi herói do esporte nacional. E nunca vai virar vilão, a não ser dele mesmo, se não aceitar o momento de deixar as quadras. Quem teve amigos e profissionais para transformá-lo num grande atleta, dividindo com ele os momentos de glória, deve ter também agora para somar esforços no sentido de encaminhá-lo a um final honroso e feliz.

Maratona

A Maratona de Santa Catarina mudou de data e conteúdo. Será dia 4 de novembro, junto com duas rústicas (5 e 10 mil metros) e com premiação em dinheiro somente para a Maratona. Adeus Maratoninha, adeus crianças de toda Santa Catarina.






Nenhum comentário: